sexta-feira, 11 de setembro de 2009

do meu tempo é quando

2 comentários:

LeonoraG disse...

As palavras que você usa me indicam um caminho que, a princípio, suponho agradável e esclarecedor. Tudo o que eu busco. Mas, a medida que ando nesse caminho, que leio essas palavras, sempre me pergunto, porque voce tem que ser tão difícil de entender? Por que eu fico tão no escuro? Por que me sinto tão ignorante?

Dalton Martins disse...

Cara Leonora,

o caminho é muito simples.
o que coloco por aqui é o que me toca numa composição de sentidos. muito mais do que buscar uma narrativa linear, esse blog é uma junção de perspectivas, olhares, sentidos. Apenas isso.

Antes de entender, procure sentir. Facilita muito.

e segue o trem...